terça-feira, 15 de setembro de 2009

Adequação do sistema de custos a ISO 9001

O mercado desde que se tornou mais competitivo exige cada vez mais diferenciação das organizações. Umas das maneiras de conseguir esta diferenciação é pela melhoria da prestação de serviços ou da performance dos produtos tendo a gestão de qualidade como impulsionador.

Essa gestão de qualidade pode seguir parâmetros pré-definos por normas da ISO 9001, que regem o tipo de sistema de qualidade a ser adotado visando a excelência de qualidade a ser percebida pelo cliente. Porém, em todo projeto, assim como em todas as operações organizacionais custos estão incorridos. Conhece-los e administra-los eficientemente é de suma importância. Seus direcionadores indicam onde e quanto à organização está gastando para a manutenção de seus serviços, e assim como a quanto deverá ser gasto para implantar tal sistema.

Os custos de qualidade possuem características intrínsecas que obriga uma gestão de custos mais especifica, com definições precisas de seus direcionadores e uma alocação acurada de seus custos indiretos. Isso leva a organização a formular um sistema de custos que atendam essas necessidades e que sejam baseados no modelo de gestão que melhor se molde as suas características.

Um comentário:

Portal Qualidade Brasil disse...

Otimo artigo, parabens ,

deixo aqui o convite para que você participe do Portal Qualidade Brasil como colunista, caos lhe interessar o link é www.qualidadebrasil.com.br .

Atenciosamente,

Desidério
Editor de conteúdo
Portal Qualidade Brasil
www.qualidadebrasil.com.br